Acufenos

Os barulhos nos ouvidos e/ou na cabeça que assumem a forma de diferentes sons semelhantes a zumbidos, apitos, campainhas, chuva, ondas do mar, martelo pneumático, segundo diferentes pessoas (embora, no meu caso, já tenha experimentado estas variantes todas, sendo os zumbidos e os apitos as mais frequentes) são sintoma comum a muitos «Coganitos» (portadores de Síndrome de Cogan) e a outras pessoas com problemas auditivos.

Designam-se cientificamente por acufenos, aparecendo com a designação tinnitus na língua francesa ou no inglês.

O uso de próteses auditivas contribui, segundo muitos pacientes, para a diminuição destes barulhos, sendo que a habituação aos mesmos também ajuda a que interfiram menos não só na captação da fala como no estado de espírito geral.  Pelo que pude ler até ao momento e pelo que vivenciei, parece-me existir uma relação proporcional entre a intensidade dos acufenos e a ocorrência de uma maior ou menor vulnerabilidade  ao stress.

Segue-se um texto da retirado da APTA (Associação Portuguesa de Audiologistas) sobre esta questão:

 

 «Os Acufenos podem ser também designados por Tinnitus ou mais vulgarmente como zumbidos.

 Os acufenos podem descrever-se como sendo a percepção de um som, no ouvido ou na cabeça, uni ou bilateralmente, pelo indivíduo sem a existência de um estímulo externo.

 Estes acufenos têm origem em qualquer parte do sistema auditivo e são um sintoma muito comum podendo afectar pessoas de qualquer idade e ambos os sexos. Os acufenos são um sintoma muito comum e não uma doença!

 O tipo e intensidade de som varia de pessoa para pessoa. Este pode ser constante, intermitente ou pulsátil (ritmado com o batimento cardíaco).

 A causa concreta dos acufenos ainda não está bem definida, mas pensa-se que estão associados a:

•hipoacúsia;

•vertigem;

•acumulação de cerúmen; •

alguns medicamentos;

•infecções;

•doenças cardiovasculares;

•doenças otológicas;

•exposição ao ruído;

•outras.

 Os acufenos raramente são indicativos de patologias sérias.

O tratamento de acufenos varia com a sua causa e, portanto, diferentes causas têm abordagens diferentes. A maioria das abordagens utilizadas para o tratamento do acufeno faz-se através de medicamentos ou TRT (“Tinnitus Retraining Therapy”) Pode-se actuar principalmente ao nível da prevenção.

 

Como forma de prevenção do aparecimento de acufenos:

•Evite a frequência de locais ruidosos mas caso necessário recorra sempre a protecção auditiva adequada.

•Evite a toma de café, chá preto, chocolate e outras substâncias que contenham cafeína.

•Diminua ou erradique o consumo de tabaco e bebidas alcoólicas.

•Mantenha a sua pressão arterial controlada.»

 

In  http://www.apta.org.pt/index.php?option=com_content&view=article&id=54&Itemid=94&lang=pt

~ por imisal - PORTUGAL em 13/06/2009.

2 Respostas to “Acufenos”

  1. Este mnal despoletou em mim há 1 ano. No início foi terrível.Hoje estou mais resignado, depois de ler variada informação na Net. Só que tem zumbidos é que sabe o que custa, tal como as depressões. É difícil explicar e fazer sentir aos outros o que relamente se sofre. Penso que o estado emocional é muito importante para uma maior estabilidade.As melhoras a todos.

  2. No Brasil chamamos popularmente de zumbidos e parece que é difícil escapar desses fantasmas sonoros…acabei de ler um livro interessante do Oliver Sacks “Alucinações Musicais” (Musicophilia-Tales of music and brain)o mesmo autor de Vendo Vozes.
    Eu ouço telefones que não tocaram, latidos de cães e outras sinfonias internas mas acabei acostumando.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: