David Cogan

David G. Cogan

David G. Cogan

DAVID GLENDENNING COGAN

Médico oftalmologista norte-americano, nascido em 14/02/1908 e falecido em 09/9/1993, reconhecido internacionalmente pelo seu trabalho tanto no exercício da medicina, como na área da pesquisa médica. Dois dos livros que publicou são ainda hoje de leitura obrigatória para todos os médicos que pretendem especializar-se em oftalmologia: Neurology of the Ocular Muscles (1948) e  Neurology and the Visual System (1966). Escreveu mais de 500 artigos científicos, sozinho ou em co-autoria.

Estudou na Harvard Medical School, foi interno na Universidade de Chicago e médico residente no Massachusetts Eye and Ear Infirmary de Boston, onde se especializou em oftalmologia. Em 1934 passou a ser o director do Howe Laboratory of Ophthalmic Research, cargo que exerceu durante 30 anos, durante os quais o laboratório influenciou fortemente a pesquisa em oftalmologia. De 1955 e até à sua reforma em 1973, foi professor de oftalmologia na Clínica Oftalmológica do Hospital Universitário da Harvard Medical School. Após a aposentação continuou a fazer pesquisa, no National Institutes of Health.

O seu trabalho na área da oftalmologia foi vasto, devendo destacar-se o seu contributo para a promoção da colaboração entre médicos e investigadores. Fez parte da primeira equipa médica que estudou os efeitos da radiação da bomba atómica de Hiroshima, sendo relevante o seu estudo sobre o papel das radiações atómicas na formação de cataratas; promoveu o estreitamento de relações entre oftalmologistas americanos e japoneses e a cooperação com os oftalmologistas alemães. David Cogan notabilizou-se principalmente na área da Neuro-Oftalmologia.

Recebeu inúmeros prémios durante a sua carreira, entre eles o Warren Prize (1944), o Proctor’s Award (1954), a Mackenzie Medal (1968), o Research to Prevent Blindness Award (1969) e  o Gonin Medallion (1974).

De entre os trabalhos mais conhecidos de Cogan destacam-se os estudos sobre a fisiologia e a patologia da córnea, as mudanças vasculares da retina, a patologia do nervo óptico e a neurologia dos músculos oculares. Foi o primeiro a descrever diversas patologias no âmbito oftalmológico, motivo pelo qual o seu nome surge associado a elas: Síndrome de Cogan  (I , II e III); Síndrome de Cogan-Reese.

~ por imisal - PORTUGAL em 04/06/2009.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: